8 de nov de 2010

Usando como referência a Lista Nacional do IBAMA e da IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza), temos três situações:


1 – Espécies que NÃO PODEM E NÃO DEVEM SER CONSUMIDAS


Entre os peixes comercais famosos, temos: cação-anjo, raia-viola, peixe-serra, surubim, cioba, badejo-tigre e mero.

Raia - Viola


Cação Anjo

Peixe-serra

badejo-tigre

Mero

                                           
                                                   
Obs: 12 espécies de tubarões/raias e 145 espécies de peixes constam no Anexo I do IBAMA como espécies ameaçadas de extinção, com alto risco de desaparecimento na natureza em um futuro próximo.


Obs: Apesar de estar no Anexo II, o mero é a única espécie brasileira protegida e proibida de ser capturada.


Obs: EVITE o famoso filé de viola, pois muitas peixarias comercializam o filé do cação-anjo como se fosse o filé da raia-viola. E ambos estão seriamente ameaçados.



2 – Espécies que DEVERIAM SER EVITADAS




Entre os peixes comercais famosos, temos: atum, badejo, cherne, corvina, enchova, garoupa, merluza, namorado, pargo, pescadinha-foguete, sardinha-verdadeira, tainha e vermelho.





Com relação aos tubarões (ou cações), o ideal seria que pudéssemos evitar somente o consumo das 38 espécies que hoje estão ameaçadas de extinção, como o cação-anjo, a mangona e os tubarões-martelo, mas infelizmente isso não é possível. Não há como “carimbar” a carne de cação proveniente das espécies não ameaçadas. Assim, o correto é cessar o consumo geral de toda a carne de cação.




Obs: Fora as lagostas e camarões, 6 espécies de tubarões e 31 espécies de peixes constam no Anexo II do IBAMA como espécies sobrepescadas (cuja condição de captura é tão elevada que reduz o potencial de desova e as capturas no futuro) ou como espécie ameaçada de sobrepesca.



3 – Espécies LIBERADAS PARA O CONSUMO



Entre os peixes comerciais famosos liberados temos: abrótea, agulha, albacora, batata, baúna, bicuda, bijupirá, bonito, caranha, carapeba, castanha, cavala, cavalinha, cocoroca, congro, congro-rosa, dourado, galo, linguado, manjuba, michole, olhete, olho-de-cão, pampo, peixe-espada, pescada, piranjica, piraúna, robalo, sororoca, tira-vira, trilha, xáreu, xerelete e xixarro.

Fonte: Instituto Ecológico Aqualung


Nota: Curiosamente para montar esta postagem recorremos ao google para encontrar as imagens, na maioria das vezes quando procuramos pela imagem de algum peixe, encontramos fotos de pessoas com seus "prémios" mesmo que proibidos ou amostras de deliciosos pratos preparados com estes que estão ameaçados de extinção.

0 comentários:

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube