Previous Next
  • Recolhimento de Celulares

    Um Terço do brasileiros troca de celular a cada ano. Temos no Brasil mais celulares do que habitantes, são 201 milhões de brasileiros e 271 milhões de celulares, saiba como descartar o seu celular corretamente.

  • Tratamento de Óleo de cozinha usado

    O óleo de cozinha é um grande poluidor da atualidade tem um poder de contaminação de 1 para um milhão de litros de agua, alem de causar intupimentos e atrair baratas e outros insetos

  • Pontos de Coleta para Lixo Eletrônico no Rio de Janeiro

    A empresa Futura Soluções Ambientais e a rede Shoppings PromoInfo firmaram parceria visando atender a crescente demanda no descarte de resíduos eletrônicos: computadores, seus componentes e periféricos, celulares, Câmeras digitais, são alguns dos resíduos que podem ser descartados nesse pontos de coleta.

  • Futura e Circo Voador juntos na Meta-Reciclagem

    A sociedade atual consome uma quantidade cada vez maior de materiais, compra cada vez mais produtos eletrônicos e os descarta muitas vezes em condições de uso ou com problemas que podem ser sanados facilmente, é muito comum entre as classes com maior poder aquisitivo a troca anual de computadores, telefones celulares e outros equipamentos.

20 de jul de 2018

Muito se fala em "pegada de carbono" e sobre a importância de reduzir, mas afinal você sabe o que é pegada de carbono ou para que serve ?

Muitas atividades rotineiras que você faz acabam proporcionando emissões atmosféricas de gases do efeito estufa (GEEs). Para que se tenha noção das quantidades, todos esses gases podem ser convertidos em dióxido de carbono equivalente (CO2eq). Quando mensuramos a quantidade de dióxido de carbono equivalente emitida na atmosfera temos a pegada de carbono. Mas antes de sabermos para que ela serve, vamos entendê-la melhor.

O que é a pegada de carbono ?

A pegada de carbono (carbon footprint - em inglês) é uma metodologia criada para medir as emissões de GEEs - elas são convertidas em CO2eq. Os gases são emitidos na atmosfera durante o ciclo de vida de um produto, de processo ou de um serviço; exemplos de atividades que geram emissões: queima de combustíveis fósseis, cultivo de arroz, criação de pastagem para gado, desmatamento, queimadas, produção de cimento, entre outras.



A pegada de carbono também faz parte da pegada ecológica (ou ambiental), definida por Rees and Wackernagel, que é uma metodologia que mensura a quantidade de terra necessária para sustentar o nosso estilo de vida. A pegada de carbono faz parte desta metodologia, pois uma parte do dióxido de carbono é absorvida por oceanos e florestas que são áreas bio produtivas. A pegada de carbono representa, hoje em dia, mais de 50% da pegada ecológica, sendo o fator que mais cresce desde a década de 70 do século XX, quando a pegada de carbono era uma pequena fração da pegada ecológica.

Para que serve a pegada de carbono ?

Por meio da pegada de carbono podemos analisar os impactos que causamos na atmosfera e as mudanças climáticas ocasionadas pelo lançamento de GEEs a partir de cada produto, processo ou serviço que consumimos, pois emitimos muito mais gases do que a Terra é capaz de absorver. Se você come um prato de arroz e feijão, saiba que houve uma pegada de carbono para essa refeição (plantação, cultivo e transporte). Conhecer as nossas emissões de dióxido de carbono equivalente, direta ou indiretamente, é muito importante para reduzi-las com a finalidade de desacelerar o aquecimento global, melhorar a qualidade de vida do planeta, reduzir a pegada ecológica e evitar o overshoot, conhecido como a sobrecarga da Terra.

Como reduzir a pegada de carbono?

A mudança de hábitos é essencial para a redução da pegada de carbono. Escolher produtos que possuem embalagem recicláveis ou recicladas, preferir alimentos orgânicos, usar sacolas retornáveis, ser vegetariano pelo menos uma vez na semana, fazer a compostagem dos resíduos orgânicos, reduzir o consumismo e deixar o carro em casa, substituindo-o por bicicleta ou por transporte coletivo (um litro de gasolina emite 2,3 kg de CO2eq na atmosfera e a fabricação de cinco sacolas plásticas emite 1 kg de CO2eq)... Todas essas ações contribuem para a redução da pegada de carbono.

Fonte: Global Footprint NetworkEcycleWWF BrasilSGS Brasil.

6 de jun de 2018

Mais uma ação realizada pela semana do meio ambiente, dessa vez foi uma acao em conjunto Ação em conjunto com a empresa Futura Soluções Ambientais, o 90º Gemar Suboficial Amélio Azevedo Marques e o São Gonçalo Shopping





A ação contou com a participação dos escoteiros que conseguiram em um esforço conjunto recolher mais de 100 celulares para o descarte correto





Essas e outras iniciativas estão sendo realizadas pare diminuir a quantidade de resíduos eletrônicos que são descartados de forma incorreta todos os dias

4 de jun de 2018

Ponto de Coleta na FGV Botafogo


Mais uma oportunidade de descartar de forma consciente o seu resíduo de equipamentos elétricos e eletrônicos (REEE), dessa vez na Fundação Getúlio Vargas que através que através do seu departamento de sustentabilidade e meio ambiente se uniu com a nossa equipe para colocarmos um ponto de entrega voluntaria de Lixo Eletrônicos em 2 das suas unidades.

Para quem esta com material em casa e não sabe como descartar, basta comparecer com seu material na unidade de Botafogo ou na unidade da Candelária com seu equipamento e depositar em nosso ponto de coleta, assim você assegura que seu resíduo será descartado através do nosso programa de logística reversa.

Os endereços são:  FGV Centro, Rua da candelária, 06 E FGV Botafogo na Praia de Botafogo, 190 – A campanha vai acontecer até dia 15/06 e o horário de funcionamento é de 7hs as 23hs.


Participem e divulguem para quem possa se interessar, o importante é não descartar como lixo comum nada que possa contaminar o meio ambiente, e nem o que puder ser reciclado, no caso o lixo eletrônico tem as duas características, então vamos nessa.



Ponto de Coleta na FGV Centro

5 de abr de 2018


Atualmente estamos enfrentando muitas questões relacionadas ao meio ambiente, como mudanças climáticas, poluição, desmatamento, etc. À medida que a população aumenta, o mesmo acontece com os resíduos. E nas últimas duas décadas, a tecnologia vem crescendo rapidamente mudando o estilo de vida das pessoas. Muitos gadgets não são mais considerados como um luxo, por isso podemos comprá-los e acabamos facilmente substituindo um dispositivo por um novo. Todos os anos, os fornecedores lançam seus novos produtos. Por exemplo, as grandes empresas como Apple, Samsung, Microsoft e muitas outras têm seus eventos anuais para lançar seus novos produtos, como smartphones, computadores e televisores.




O Que É Lixo Eletrônico?

Muitas pessoas vão substituir seu smartphone por um novo ainda esse ano. O que acontece com os smartphones antigos? Algumas pessoas podem vender o telefone ou entregá-lo a alguém, mas nem todas farão isso. Toda vez que o novo produto chega, o mais antigo se torna um resíduo. Esse tipo de resíduo é chamado de lixo eletrônico. Mas, o lixo eletrônico é mais do que apenas um telefone celular velho, inclui todo o lixo eletrônico que não precisamos mais, não tem mais serventia e nem queremos guardar.

Alguns fatos sobre O Lixo Eletrônico

O lixo eletrônico é mais perigoso do que muitos outros resíduos, pois contém resíduos físicos e químicos tóxicos ao meio ambiente. Aqui estão alguns dados interessantes sobre o lixo eletrônico.

  • Segundo as Nações Unidas, 20 a 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são descartadas a cada ano
  • Segundo a EPA, apenas 12,5% do lixo eletrônico é reciclado.
  • Os Estados Unidos geram cerca de 9,4 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano (mais do que qualquer outro país).
  • Os países em desenvolvimento tornaram-se o aterro para o lixo eletrônico. Conforme os dados de 2014, cerca de 418 milhões de toneladas de lixo eletrônico são descartadas para os países em desenvolvimento.
  • Guiyu, China tornou-se a aldeia de lixo eletrônico. O lixo na maior parte veio dos EUA e de outras nações europeias.
  • A partir dos dados da EPA em 2010, 350.000 telefones celulares são despejados por dia, o que corresponde a 150 milhões de telefones por ano.
  • Na América, o lixo eletrônico contribui com apenas 2% do lixo no aterro, mas equivale a 70% do total de lixo tóxico.
  • Aparelhos de televisão antigos, bem como monitores CRT (tubo de raios catódicos) contêm aproximadamente 1-3 kilogramas de chumbo, uma neurotoxina. Descarte inadequado significa que essa substância tóxica pode se infiltrar no solo.
  • São necessários 240 litros de combustível fóssil, 21 Kilogramas de produtos químicos e 1,5 toneladas de água para fabricar um computador e monitor, de acordo com a Electronics TakeBack Coalition.
  • Reciclar um milhão de laptops economiza a energia equivalente à eletricidade usada por 3.657 residências em um ano, segundo a EPA .
  • Estima-se que 40% dos metais pesados ​​nos aterros vêm de eletrônicos descartados, de acordo com Jonas Allen, diretor de marketing da EPEAT, um sistema de classificação eletrônica verde.
  • A Universidade das Nações Unidas estima que os volumes globais de lixo eletrônico poderão aumentar em até 33% nos próximos 5 anos.




O Que Podemos Fazer Para Resolver O Problema?

Resolver completamente a questão do lixo eletrônico ainda está longe demais. Mas você pode contribuir para reduzir o problema com alguns pequenos passos e inspirar mais pessoas, quem sabe poderemos alcançar uma solução real. Aqui estão as coisas que você pode fazer para amenizar o problema do lixo eletrônico.

Doe Seus Dispositivos Não Utilizados

Quantos dispositivos você tem em casa? Quantos deles não são mais usados ​​ou desejados? Talvez você ainda mantenha seu antigo desktop ou laptop. Você não usa mais eles porque precisa de mais desempenho ou de tecnologia mais recente, mas isso não significa que esses dispositivos não possam ser mais usados. Se você não precisa, não significa que alguém não vai achar útil. Você pode entregá-lo a uma ONG, Centro Social ou Associação que possa fazer uso desse equipamento. Dessa forma, você não precisa jogá-lo fora como um desperdício, não gera mais resíduo e ainda ajuda na inclusão digital e tecnológica de mais pessoas.


Programa de Reciclagem


Você pode e deve encaminhar seus equipamentos que não serão mais utilizados para empresas de reciclagem, a Lei 12.305/2010 que instituí a Política Nacional de Resíduos Sólidos prevê como responsabilidade também do consumidor a destinação correta de seus lixos eletrônicos. Para tal é importante se certificar que a empresa que você escolheu possui todas a licenças para operar e oferecer o serviço de reciclagem de resíduos eletrônicos, até mesmo para garantir que seu material não vai ser descartado de forma errada causando mais danos ao meio ambiente. Nós aqui da Futura Soluções Ambientais trabalhamos para oferecer o melhor serviço na destinação correta do materiais eletrônicos que recebemos e possuímos todas a licenças necessárias para realizar tal serviço.

20 de fev de 2018

O artista plástico e designer Giovane Malta, participa de um projeto de reaproveitamento do lixo eletrônico onde montam diversos tipos de produtos hoje vou trazer para vocês as miniaturas de motocicletas.

Esse é um trabalho de artesanato associado a Logística Reversa e não se trata simplesmente de miniaturas de motos, mas de réplicas de modelos com linha de produção. As motos são confeccionadas a partir diversos componentes de eletrônicos descartados pela população.

Observando atentamente é possível identificar peças de HDs de computadores, mouses viram tanques de gasolina, fones de ouvido nas lanternas e diversos outros materiais que poderiam ter virado lixo mas que nas mão de Giovane acabaram virando lindas miniaturas.












Para saber mais sobre o trabalho do artista entre em sua pagina no Facebook.
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube